Categoria: Dieta e Nutrição

Mande a mulher maravilha embora!

No Brasil, a expectativa de vida das mulheres é, em média, 8 anos superior a dos homens. Mas essa maior sobrevida pode estar se reduzindo em decorrência de algumas mudanças nos hábitos das mulheres modernas.

O papel da mulher na sociedade mudou, especialmente nas últimas décadas. Isso se
expressa na crescente participação feminina no mercado de trabalho e como chefe de família, nas mudanças de comportamento, na maior participação política e no fortalecimento dos movimentos de valorização das mulheres.

Frases como “Não tenho tempo!”, “Estou exausta” e “Estou sobrecarregada” já fazem parte do dicionário das mulheres contemporâneas. Mulheres que trabalham em casa e fora, estudam, gerenciam empresas e a própria casa, cuidam da família e buscam crescer profissionalmente. Essa sobrecarga de responsabilidades provoca um forte aumento do nível de stress e cortisol, o que impacta diretamente na saúde física e mental das mulheres.

Com a correria do dia a dia, para dar conta de todas as tarefas programadas é comum que a mulher se alimente mal, não faça exercícios com a frequência adequada, deixe o lazer de lado e diminua suas horas de sono. Obesidade, hipertensão, depressão, síndrome do pânico, doenças coronarianas, doenças auto-imunes, diabetes… Essas doenças estão extremamente relacionadas ao stress e ao estilo de vida das mulheres atualmente. Buscar ser a melhor mãe, esposa e profissional é um desafio constante. Esse desejo de ser a melhor em tudo traz sobrecargas difíceis de lidar. Não conseguir desempenhar todos os papéis com perfeição é natural, é humano. O grande desafio da super mulher moderna é equilibrar não só todos os papéis que ela desempenha, mas também suas emoções, que são uma montanha russa e acompanham sua multiplicidade de tarefas.

E o que fazer para dar conta de tanta coisa e ser uma mulher saudável? O primeiro passo é se analisar, descobrir o que é importante para você, encontrar o que lhe faz feliz. Vivenciar e satisfazer seus desejos e vontades, libertar-se do medo de não atender o papel social de mulher, mãe, esposa, profissional, não se cobrar tanto pelo que você não consegue executar com a perfeição que você imaginou ou acha que os outros esperam de você. Um passo inicial para retomar o controle sobre sua vida é aprender a dizer não. Aprender a colocar limites para situações que podem impactar a sua qualidade de vida.

O segundo passo para ter qualidade de vida é procurar levar uma vida saudável, com bons hábitos: não fumar, manter um peso adequado ao seu biótipo e idade, fazer exercícios, se alimentar de forma correta, ir regulamente ao dentista e ao médico, realizar anualmente um check-up da sua saúde com exames laboratoriais, citologia oncótica, mamografia, ultrassom endovaginal, densiometria óssea, etc.

Esse check-up depende da idade da mulher. No caso específico dos exames laboratoriais, o Laboratório Gerardo Trindade desenvolveu pacotes para lhe ajudar na escolha dos exames a serem feitos dependendo da sua faixa etária:

 

Com todas essas ponderações, está na hora de você valorizar a pessoa mais importante da sua vida: você! Tire um tempinho para rever sua vida, sua rotina, suas expectativas e reprograme a sua rotina para você ser uma pessoa saudável e produtiva, que produz muita alegria para você mesma e para as pessoas ao seu redor! Mãos à obra!

Intolerância à Lactose

A lactose é um açúcar presente no leite de praticamente todos os mamíferos, tendo como única exceção o leão marinho. Trata-se de uma molécula composta por dois açúcares menores, a glicose e a galactose. Assim, quando ingerimos lactose, ela tem que  ser quebrada ao meio, para que a glicose e a galactose se separem, permitindo assim sua absorção pela parede intestinal. Quem faz esta quebra é uma enzima conhecida por lactase.

Ler mais

Dia Nacional da Saúde – 05 de Agosto

Hoje é um dia para lembrarmos de algo que nunca deveríamos esquecer: nossa saúde. Como anda a sua? O 5 de agosto foi escolhido como o Dia Nacional da Saúde em homenagem ao médico sanitarista Oswaldo Cruz, que nasceu em 5 de agosto de 1872 e foi pioneiro no estudo de moléstias tropicais e da medicina experimental no Brasil. Oswaldo Cruz nasceu em São Luís do Paraitinga, interior de São Paulo. Filho do médico Bento Gonçalves Cruz e de Amália Taborda de Bulhões Cruz, ingressou na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro aos 15 anos. Formou-se em 24 de dezembro de 1892, defendendo a tese “Veiculação Microbiana pelas Águas”. Em 1896, foi para Paris especializar-se em bacteriologia no Instituto Pasteur, que na época reunia grandes nomes da ciência.

Ler mais

Tudo o que você precisa saber sobre a Anemia

Anemia é o nome genérico de uma série de condições caracterizadas pela deficiência na concentração da hemoglobina (elemento do sangue com a função de transportar oxigênio dos pulmões para nutrir todas as células do organismo) ou na produção das hemácias (o mesmo que eritrócitos ou glóbulos vermelhos). Elas podem ser agudas ou crônicas, adquiridas ou hereditárias. São agudas, quando há perda expressiva e acelerada de sangue, o que pode acontecer nos acidentes, cirurgias, sangramentos gastrintestinais, etc. Já as crônicas são provocadas por doenças de base, algumas hereditárias (talassemia e anemia falciforme, por exemplo) e outras adquiridas, como as que ocorrem por deficiência nutricional, na gestação, por deficiência de ferro (anemia ferropriva, a mais comum), por carência da vitamina B12 ou de ácido fólico (anemia megaloblástica).

Ler mais

25 a 30/07 Semana do Combate ao Colesterol – Dicas de exercício e alimentação

O colesterol é um tipo de gordura (lipídio) encontrada naturalmente em nosso organismo, fundamental para o seu funcionamento normal. O colesterol é o componente estrutural das membranas celulares em todo nosso corpo e está presente no cérebro, nervos, músculos, pele, fígado, intestinos e coração. Nosso corpo usa o colesterol para produzir vários hormônios, vitamina D e ácidos biliares que ajudam na digestão das gorduras. 70% do colesterol é fabricado pelo nosso próprio organismo, no fígado, enquanto que os outros 30% vêm da dieta.

Ler mais

A importância da atividade física para a sua saúde

exercício físico

Todo mundo sabe que o exercício físico é um poderoso remédio: melhora a qualidade de vida, diminui o risco de doenças do aparelho cardiorrespiratório e, consequentemente, minimiza a pressão arterial. Fazer exercícios físicos regularmente também favorece aspectos emocionais, proporcionando bem-estar, melhorando a autoestima e aumentando a energia para outras atividades.

Na questão estética, o fator principal é que, com a queima das calorias, o praticante pode perder peso (se aliado a uma alimentação saudável) e modelar sua musculatura, já que a massa corporal magra toma forma.

Ler mais

07/04 – DIA MUNDIAL DA SAÚDE

É comum popularmente, as pessoas considerarem umas às outras saudáveis, quando não têm nenhuma doença. No entanto, a ausência de enfermidade não significa saúde. Para isso, há necessidade de uma análise aprofundada de um conjunto de fatores, como por exemplo: qualidade de vida, os aspectos mentais e físicos de determinado indivíduo. Nesse contexto, em 1946, a Organização Mundial de Saúde aprovou um conceito que visava ampliar a visão do mundo a respeito do que seria estar saudável. Ficou definido então que “a saúde é um estado de completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”. De acordo com ele, percebe-se que saúde não é um estado fácil de ser alcançado, uma vez que nem todas as pessoas conseguem viver sem tristezas, sem preocupações e interagindo com o restante da sociedade de maneira harmoniosa. Por isso, a saúde deve ser vista como uma forma de total bem-estar, que é conquistado não só através do tratamento de doenças ou sua prevenção, mas sim através da qualidade de vida, palavra chave para uma vida saudável!

Ler mais

QUALIDADE DE VIDA E BEM ESTAR NA TERCEIRA IDADE

A terceira idade traz consigo inúmeros desafios; é comum nessa idade que o uso de medicamentos seja maior e as limitações físicas sejam fiéis companheiras. Atualmente, a expectativa de vida do brasileiro é de 72,78 anos (IBGE). Nessa idade, diversas mudanças ocorrem, como por exemplo, o declínio do organismo, que pode ocasionar redução de força, perda de mobilidade articular e sensoriais, prejudicando a capacidade coordenativa. Em contrapartida há diversos modelos de envelhecimento ideal e um deles é nomeado envelhecimento ativo. Neste contexto, quanto mais ativas as pessoas se mantém no decorrer da vida, mantendo padrões de sua autonomia e atividade, melhor envelhecem (PAPALIA, OLDS E FELDMAN; 2006.)

Ler mais